Entenda as diferenças entre direção hidráulica, elétrica e eletro-hidráulica

Na verdade, as diferenças entre direção hidráulica, elétrica e eletro-hidráulica podem parecer muito técnicas, não é mesmo?! Porém, na hora de comprar ou trocar de carro, entender as principais diferenças pode ser fundamental para fechar um bom negócio e evitar dor de cabeça no futuro. 

Por isso, no post de hoje vamos entender, de maneira simples, quais são as principais diferenças entre direção hidráulica, elétrica e eletro-hidráulica.

 

Como tudo começou: direção mecânica

Talvez muitas pessoas não tenham passado por isso, mas quem tem um pouco mais de idade vai lembrar da direção mecânica. 

Basicamente, a direção mecânica exige mais força do motorista. Ou seja, é bem menos confortável para as manobras. O grande benefício da direção mecânica é a manutenção com custo baixo.

Ela é comum nos automóveis mais antigos. 

 

Principais diferenças entre direção hidráulica, elétrica e eletro-hidráulica

Vamos conhecer, de maneira simples, as principais diferenças entre estes tipos de direção?

Direção hidráulica:

Apesar de ter se tornado mais popularizada nas últimas décadas, esta tecnologia já existe desde o final dos anos 60.

A principal função da direção hidráulica é reduzir o esforço que o motorista faz ao girar o volante, ou seja, durante as manobras. Assim, a direção fica muito mais leve, trazendo muito mais conforto. 

Diferentemente do modelo mecânico, a direção hidráulica possui alguns elementos para tornar a condução mais leve, que são:

    > bomba hidráulica;

    > fluido;

    > válvula de rotação;

    > tubulações;

    > reservatório.

Já as principais desvantagens da direção hidráulica:

   > Por consumir recursos do motor para girar o compressor, pode aumentar o consumo de combustível, além de reduzir um pouco a potência do automóvel. E isso torna-se mais evidente em modelos mais simples.

    > Vazamentos de fluidos também podem ser um problema conforme o passar dos anos.

Direção elétrica

A direção elétrica está vez mais presente, principalmente em modelos de porte mais compacto. Por quê? Diferentemente do modelo hidráulico, a direção elétrica “não rouba” a potência do motor e nem impacta no consumo de combustível.

Mas não se preocupe: em caso de pane elétrica, o sistema elétrico passa a não funcionar, mas não trava a direção. A direção apenas torna-se mais “pesada”, semelhante à direção mecânica. 

Ah, a sua grande desvantagem está no custo: acaba sendo mais cara do que os outros sistemas de direção. 

Direção eletro-hidráulica:

Como diz o próprio nome, esta direção “integra” características da hidráulica e da elétrica. 

A direção eletro-hidráulica usa um sistema semelhante ao da direção hidráulica. Porém, não depende do motor do carro: ela tem um motor elétrico responsável pela movimentação da bomba.

Esse sistema também precisa de manutenção periódica, assim como acompanhamento do nível de óleo e troca do fluído nos prazos recomendados pelo Manual do Veículo.

 

A importância da revisão preventiva

Independentemente do modelo da direção do seu carro, é fundamental estar com a manutenção preventiva em dia.

Você sabia que só com a Prema Car a revisão do seu automóvel é filmada? Além disso, pela nossa plataforma você pode acompanhar o desgaste dos itens de segurança do seu carro. 

 

Ficou curioso ou curiosa para saber mais? Acesse agora o nosso site e peça, gratuitamente, um orçamento para a gente. 

E se você está gostando dos nossos posts, que tal saber mais quais são os principais sinais de que a embreagem vai ter algum problema? Além disso, acompanhe sempre as novidades sobre revisão de carro, dicas de como economizar com o seu carro e muito mais no nosso blog

Right Menu Icon